sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Acusado de participar de assalto em banco da cidade de Milhã é preso com fuzil

Um dos homens acusados de integrar a quadrilha responsável pelo assalto ao Banco do Brasil de Milhã, no último dia 2, foi preso na madrugada desta quinta-feira, 16, no bairro Monte Castelo, em Fortaleza.

Segundo o delegado Romério Almeida, titular da Delegacia de Roubos e Furtos, o acusado, Marcos Antônio da Silva, conhecido por “Marquinho Noé”, estava em uma casa do bairro. Com ele, a Polícia apreendeu um fuzil. Com a ação, seis pessoas acusadas do assalto já foram presas. Ainda três acusados se encontram foragidos, de acordo com o delegado.

Romério informou ainda ao O POVO Online que “Marquinho Noé” responde pelos crimes de homicídio, sequestro e latrocínio. A operação resultou de parceria da Coordenadoria de Inteligência (Coin), do Comando Tático Motorizado (Cotam) e Delegacia de Roubos e Furtos.

O assalto

A ação criminosa contra o Banco do Brasil de Milhã aconteceu por volta de 2h30min do último dia 2. Os assaltantes utilizaram dinamites para explodir os caixas eletrônicos. A agência ficou totalmente destruída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário