segunda-feira, 25 de março de 2013

Fortaleza é a sexta capital em mortes de jovens no Brasil


A capital cearense, de acordo com dados do Ministério da Saúde, dentro do Mapa da Violência, ocupa a sexta posição - entre as capitais brasileiras, no número de mortes de crianças e adolescentes.

São 41,1 jovens assassinados, em 2010, por cada grupo de 100 mil habitantes. Em 2000, essa relação era de 13,4 jovens vítimas de crimes para cada 100 mil habitantes. Em uma década, o crescimento no número desses crimes chegou a 207%, batendo todos os recordes em relação a anos anteriores.

Os números são assustadores e levam Fortaleza, nessa estatística, a ficar atrás apenas das cidades de Maceió - campeã nessa modalidade de crimes, Vitória (ES), João Pessoa (PB), Salvador (BA) e Recife (PE). Maceió, segundo os dados do Ministério da Saúde, teve, em 2010, 79,8 jovens assassinados para cada 100 mil habitantes. São Paulo apresenta a menor taxa de homicídios - 5,3 mortes por cada grupo de 100 mil pessoas.

As estatísticas sobre a tragédia da violência que se abate sobre crianças e adolescentes - expostas pela reportagem do Jornal Folha de São Paulo (www.uol.com.br), fizeram o ex-ministro da Integração Nacional e ex-governador Ciro Gomes, irão de Cid, a se debruçar sobre a onda de criminalidade que assusta a população do Ceará e especialmente a cidade de Fortaleza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário