quinta-feira, 21 de março de 2013

Prefeito Aderilo Alcântara consegue mais de R$ 5 milhões para ações emergenciais de combate a seca

Aderilo recebe do vice governador, autorização para implantar 2.260 cisternas

As ações de combate de a seca no município de Iguatu tem se intensificado nas últimas semanas com vários encontros entre o prefeito Aderilo Alcântara (PRB) juntamente com a Defesa Civil e lideranças comunitárias. Em todo o município, mais de 34 localidades vem sofrendo com a falta de água tanto para o abastecimento humano como para consumo dos animais. 

Por conta disso, o prefeito de Iguatu tem participado de várias audiências com secretários do governo do Estado, como a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, também com o deputado Zezinho Albuquerque e com a Defesa Civil do Ceará para buscar soluções no sentido de amenizar a situação das famílias de Iguatu que sofrem com a falta de água. 

O documento autorizado pelo Governo
A coordenação da Defesa Civil de Iguatu tem feito visitas às comunidades visando fazer um mapeamento de áreas onde o problema da seca é mais agravante com o propósito de ações mais efetivas para o caso. Dentre essas ações, o prefeito Aderilo Alcântara já conseguiu junto à Secretaria de Desenvolvimento Agrário, recursos para a construção de 2.260 cisternas de placas num montante de R$ 5.198.000,00 que vão beneficiar 2.260 famílias. 

A certificação desse recurso foi entregue ao prefeito Aderilo, no último sábado, pelo vice-governador, Domingos Filho (PMDB) que esteve juntamente com o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Zezinho Albuquerque (PSB) e o secretário da SDA, Nelson Martins (PT) durante o evento de lançamento do Projeto São José III, em Acopiara.

Para alguns desavisados que criticaram a administração de Iguatu na "imprensa marrom" do município, sinalizando a falta de ações para o combate a seca, o prefeito Aderilo vem mostrando porque é o prefeito que trabalha pelos que mais precisam quando apresenta recursos num montante de mais de R$ 5 milhões conseguindo junto ao Governo do Estado para colocar em prática essas ações emergenciais.        

Nenhum comentário:

Postar um comentário