sábado, 16 de março de 2013

Secretarias de Saúde e Educação realizam Semana do Programa Saúde

Os alunos fizeram testes da visão 

É muito comum perceber que na rede pública de ensino muitos alunos tenham um desempenho satisfatório por conta da falta de atenção durante as aulas e consequentemente obtenham notas baixas no boletim.  Essas situações são algumas das principais consequências dos problemas de visão, que afetam cerca de 30% dos estudantes em idade escolar no Brasil, de acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO). Entre os responsáveis pelo baixo desempenho das crianças em sala de aula está a necessidade de correção ocular em casos de miopia, hipermetropia, astigmatismo, dentre outros problemas na visão. Outra situação é o índice crescente de crianças obesas onde muitas vezes faltam as orientações necessárias para uma boa alimentação. 

Para amenizar essa situação é que esses estudantes dispõem do Programa Saúde na Escola. O Programa Saúde na Escola é uma iniciativa do Governo Federal, e foi aberto nesta segunda-feira (11), em Brasília, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha. A iniciativa conta com parceria do Ministério da Educação e atendeu no ano passado a 7 milhões de estudantes, de 1.433 municípios, em 16,7 mil escolas, quando foram mobilizadas 7.441 equipes de Atenção Básica à Saúde. Este ano, a Semana de Mobilização Saúde na Escola vai chegar a 30 mil centros de ensino, com apoio de 13 mil equipes do programa Saúde da Família, que vão trabalhar em 2.300 municípios, beneficiando 14 milhões de estudantes. 

Estudantes fizeram exame de peso e altura
Nesse contexto, a Prefeitura de Iguatu através da Secretaria Municipal de Saúde, vem trabalhando durante esta semana a parceria com o Governo Federal e já iniciou os trabalhos em muitas escolas, nesse Programa Saúde na Escola. De acordo com as coordenadoras, Ana Laura e Simone Alcântara, os trabalhos foram realizados durante toda a semana e este ano o objetivo maior foi a prevenção dos problemas mais comuns que podem afetar a saúde dos olhos e os cuidados nutricionais para evitar a obesidade. 

O programa que atuou aqui nas escolas de Iguatu, atendeu as crianças na observância para avaliar a parte ocular utilizando a escala optométrica de Snellen que é um diagrama utilizado para avaliar a acuidade visual dos alunos. Além disso, foi feita a avaliação nutricional e prevenção de drogas, abordando o alcoolismo. 
Os profissionais, técnicos em nutrição, que atuaram nesta semana vieram da parceria com o IFCE-Instituto Federal do Ceará, equipes do Programa Saúde da Família e do NASF- Núcleos de Apoio à Saúde da Família onde estiveram presentes em mais de 40 escolas no município de Iguatu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário