sábado, 6 de abril de 2013

"Se esses e-mails são verdadeiros, me prendam", declarou o governador Cid Gomes

Cid Gomes (PSB-CE)
O governador Cid Gomes (PSB) informou nesta sexta-feira (5), que foi vítima de espionagem e que já abriu investigação na Polícia Civil para averiguar o caso. Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, o governador negou que tenha espionado qualquer desafeto político e afirmou que respeita a privacidade dos seus adversários.
 
“Inventaram tudo isso e passaram para o Eudes. Resta saber se ele entrou nisso de beócio, imbecil ou idiota, ou se como crápula, vinculado a uma quadrilha. Eu, como tenho boa fé, espero que seja o primeiro caso. Tudo está sendo investigado”, declarou Cid Gomes.
 
O governador admitiu que trechos dos e-mails citados pelo o deputado Eudes Xavier são verdadeiros. Segundo ele, esses fragmentos seriam “iscas” para identificar se acessos não autorizados estariam sendo realizados.
 
"Se eu sou capaz de contratar empresa de espionagem para espionar quem quer que seja, me prendam. E eu vou renunciar ao meu mandato", declarou Cid.
 
Cid Gomes informou que a investigação da Polícia já teria identificado os endereços eletrônicos que acessaram seus e-mails.
 
“Dois dias atrás foi concluído relatório, e a juíza responsável já determinou a quebra dos sigilos desses IPs. Vamos investigar e identificar quem foram os responsáveis, e pedir na Justiça as punições cabíveis”, finalizou o governador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário