sábado, 27 de abril de 2013

Secretaria de Saúde do Ceará confirma três novas mortes por dengue em Fortaleza

Mosquito Aedes Aegypti

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) confirmou, nesta sexta-feira (26), três novos óbitos causados pela dengue. De acordo com a entidade, na capital cearense foram identificadas quatro mortes pela doença neste ano. 

O índice de mortalidade está crescendo, apesar de apresentar uma pequena estabilidade no mês de abril. Em Fortaleza, até o dia 21 de abril, foram identificados 774 casos da doença, mas aconteceram apenas, duas mortes por complicação. Segunda uma pesquisa realizada, foram confirmados 70 casos no mês de abril, 204 no mês de março, 257 no mês de fevereiro e 243 em janeiro.

No interior, foram registrados óbitos por dengue hemorrágica, nas localidades de Iguatu e Caucaia. De acordo com os índices, o Ceará apresenta 2.711 casos confirmados, cinco com dengue hemorrágica e oito por complicação da doença.

Segundo o coordenador de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Manoel Fonsêca, os casos hemorrágicos são mais preocupantes.

"As pessoas podem ter reações mais graves quando atingidas por um novo sorotipo. Esse é o nosso temor. Mas, a situação ainda está sob controle. Só poderá se agravar mais se tivermos a presença de mais chuvas. Vamos torcer para não haver nova epidemia neste ano”, declarou o coordenador.

O coordenador informou que, a população deverá ser orientada, além de ficar ciente dos casos graves que poderão levar a morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário