sábado, 25 de maio de 2013

Aliança entre PT e PMDB para 2014 será mantida, afirma Dilma Roussef

Dilma anuncia que aliança PT-PMDB é mantida para 2014
A presidente Dilma Rousseff antecipou a definição de um dos cenários para as eleições de 2014: o PT manterá a aliança com o PMDB e a permanência de Michel Temer como vice-presidente.

Dilma, na entrevista antes de viajar com destino ao continente africano, afirmou que a coligação PMDB-PT está garantida, bem como a reedição da chapa que venceu a eleição de 2010.

Com essas declarações, Dilma afaga o PMDB e parte para ampliar a base partidária que dará sustentação a disputa pelo segundo mandato como presidente da República.

Setores do PMDB e PT tem enfrentado momentos de conflito, mas a declaração de Dilma tranquiliza a cúpula peemebista e, principalmente, os pré-candidatos do partido aos governos estaduais.

Mesmo com alguns contratempos, governadores do PMDB em litígio com o PT têm dito a Michel Temer que aconteça o que acontecer, o palanque será para ele e para Dilma. Perguntada se isso mostra a segurança de Temer em relação à preservação da aliança, com a mesma chapa e se ainda existe algum risco, a presidente é sucinta: ''É matéria vencida'', limitou-se a responder.

A presidente elogiou o ex-governador José Serra (PSDB), seu adversário na eleição de 2010:  ''Não é porque ele foi meu adversário na eleição que eu vou deixar de reconhecer sua importância, sua inteligência! Posso discordar, como discordo, do Serra, mas não deixo de reconhecer sua capacidade, sua inteligência''.

Nenhum comentário:

Postar um comentário