domingo, 28 de julho de 2013

Acquario do CE enfrenta polêmica entre grupo de oposição e Cid Gomes

O Acquario já vem com polêmica antes da obra
A construção do 3º maior aquário do mundo na Praia de Iracema, em Fortaleza, entrou na lista de polêmicas envolvendo o governador socialista, Cid Gomes. Depois dos shows de Ivete Sangalo, na inauguração do Hospital Regional Norte, em Sobral, e do tenor Plácido Domingos, na inauguração do Centro de Eventos, na Capital, agora a “caixa de peixe”, como chamam os opositores, levanta ainda mais insatisfações dos adversários.

Para o deputado Heitor Férrer (PDT), um dos principais opositores do governo, a obra de R$ 350 milhões não tem sentido, já que o estado atravessa uma das piores secas da história.

“Ele gastou para a seca no ano passado 10% do previsto. Todos os municípios do Ceará, com exceção dos da região metropolitana de Fortaleza, estão em estado de emergência. O governador não se preparou a ponto de ter municípios sendo abastecidos com carro-pipa. Agora, ele tem verba para gastar no aquário, mas não tem verba para a seca, uma coisa que é permanente no Ceará”, explica o parlamentar.

Porém, aliados do governador afirmam que a obra será boa para o turismo, pois irá ampliar a inserção da cidade nas rotas turísticas internacionais. “Precisávamos dar um salto de qualidade, construindo um grande equipamento onde tivesse uma exceção internacional. [...] E daí surgiu a ideia de construir um aquário”, defende o secretário estadual de Turismo, Bismarck Maia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário