sexta-feira, 26 de julho de 2013

Jornada Mundial da Juventude: Sexta-feira teve a encenação da Via Sacra como ponto alto

A Via Sacra emocionou a todos os participantes
Marcada para as 18 horas deste dia 26, a Via Sacra foi a grande atração da Jornada Mundial da Juventude e tratou de temas contemporâneos dos jovens, enquanto relembrou o caminho de Jesus em direção à crucificação, segundo a fé cristã. Foram 13 estações ao longo da Avenida Atlântica, na orla de Copacabana com reprodução dos elementos da Via Dolorosa, de Jerusalém, misturados a símbolos do Rio de Janeiro, como a Escadaria Selarón e o Arpoador.

Para dialogar com a juventude, foram escolhidos os seguintes temas para cada uma das estações: “jovem missionário”, “jovem convertido”, “jovem de comunidade de recuperação”, “jovem falando em nome das mães”, “seminarista”, “religiosa que luta pela vida”, “casal de namorados”, “jovem falando pelas mulheres que sofrem”, “estudante cadeirante”, “jovem das redes sociais”, “presidiário ou jovem da pastoral penal”, “jovem com doença terminal”, “jovem deficiente auditivo” e “jovens da África, América do Norte, da América Latina e do Caribe, da Europa, da Ásia e da Oceania”.

A última das estações foi no próprio altar montado na praia, de onde o papa Francisco acompanhou todo o trajeto. Cortejo formado por 300 pessoas levou a Cruz Peregrina ao longo do percurso entre a Rua Paula Freitas e a Avenida Princesa Isabel. Cássia Kiss e Ana Maria Braga participaram das encenações. Pouco antes da Via Sacra, o papa desceu de helicóptero no Forte de Copacabana e repetiu o caminho que fez no dia 25 com o papamóvel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário