terça-feira, 30 de julho de 2013

Secretaria Municipal de Saúde de Iguatu intensifica ações de combate à dengue

As agentes conversam com os moradores
A Secretaria de Saúde do Município de Iguatu, através da coordenação de Endemias está realizando ações de combate à dengue com uma intensificação maior em bairros onde aconteceram incidência maior de pessoas doentes com dengue e maiores focos da larva do mosquito Aedes Aegypti. 

As ações começaram na manhã desta terça-feira (30) nos bairros Brasília, Flores e Vila Jardim, com a toda a equipe de agentes comunitárias de saúde dos referidos bairros e equipe da Secretaria de Saúde. O trabalho está sendo feito com a visita de porta em porta conversando com os moradores e na oportunidade aequipe está entregando um material informativo com medidas de combateao mosquito da dengue bem como o calendário da coleta de lixo e coleta de podas de árvores nos bairros. 

A população recebe material educativo 
O Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos e de toda população. O mosquito da dengue (aedes aegypti) se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias (água parada limpa ou pouco poluída). A conscientização da população e a tomada de medidas são de fundamental importância para a redução e, quem sabe, a erradicação desta doença no município. 

De acordo com o Dr. Ernane Bezerra, coordenador de Endemias do Municípios, algumas medidas são importantes para que a população possa utilizar e evitar focos do mosquito como: "Não deixar água parada em pneus fora de uso e o ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água. Outra medida importante é não deixar água acumulada  e parada nas calhas da residência removendo folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água. É sempre bom lembrarmos que a vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Além disso devemos manter garrafas ou outros recipientes semelhantes como latas, vasilhas e copos armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Através dessas medidas podemos evitar muito a incidência de focos nas nossas casas", frisou Dr. Ernane. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário