quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Determinação judicial poderá interditar matadouro da cidade de Milhã

Cidade de Milhã
O matadouro público do município de Milhã, no Sertão Central do Ceará, deve ser interditado, após determinação judicial. A decisão atende a um pedido do Ministério Público do Ceará (MPCE) em uma ação civil pública ajuizada em outubro de 2011. O MP argumenta que o local não tem boas condições de higiene. MP argumenta que o local não tem boas condições de higiene.

O juiz Adriano Ribeiro Furtado Barbosa determinou que o matadouro seja lacrado e estipula uma multa diária de R$ 1 mil sobre o patrimônio do prefeito, em caso de descumprimento por parte da Prefeitura de Milhã. A multa passa a contar a partir de 24 horas após a ciência da decisão. O local não pode mais ser utilizado para nenhuma finalidade. 

Em relatório técnico de vistoria foram constatadas irregularidades, como águas residuárias do abate lançadas a céu aberto; esfola dos animais e retirada do couro sendo realizadas no chão; abate realizado com machado (método considerado cruel); ausência de licença ambiental; distribuição das carnes realizada por uma “carrocinha puxada por uma moto”; desrespeito às condições de trabalho, tendo em vista que os manipuladores operam descalços e sem vestuário adequado, tendo contato com fezes, sangue e materiais orgânicos. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário