sábado, 21 de setembro de 2013

Luizianne Lins não descarta ida para o PSB e confirma recebimento de convite do partido

Luizianne poderá sair do PT
A ex-prefeita de Fortaleza e presidente estadual do PT, Luizianne Lins, admitiu ontem, pela primeira vez, a possibilidade de deixar o partido. Ela confirmou que recebeu um convite para ingressar no PSB e disputar o Governo do Estado no próximo ano pela sigla, comandada nacionalmente pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Embora tenha reforçado sua forte ligação com o PT – único partido ao qual foi filiado até hoje -, a ex-prefeita afirmou que sua decisão vai depender da conjuntura estadual.  

“Não sei o que pode acontecer. (...) Estou discutindo, conversando. Vou apresentar a proposta que me fizeram para meu grupo político. Até o fim desse mês e começo do próximo, a gente vai discutindo”, disse Luizianne. Ela participou como mediadora, na noite de ontem, do debate entre os candidatos a presidente nacional do PT, em Fortaleza. 

Um dos principais fatores que pesarão na decisão, de acordo com a ex-prefeita, é a participação do PT no Ceará na gestão do governador Cid Gomes (PSB). “Embora seja presidente, não concordo com permanência do PT no Governo do PSB aqui no Ceará. Acho que o PT tinha que ter candidatura própria. Então vamos ver como vai ser. Estou só esperando”, pontuou Luizianne, acrescentando que o cenário será de “fortes emoções”.  

Durante o evento, Luizianne comunicou que o Ministério Público Eleitoral do Ceará, através do promotor Sávio Amorim, deu parecer favorável à representação em que o PT pede a cassação do prefeito Roberto Cláudio e o vice Gaudência Lucena (PMDB), por suposto abuso de poder político e financeiro na eleição do ano passado. O processo será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário