sábado, 21 de setembro de 2013

Público infanto-juvenil debate meio ambiente durante conferência em Iguatu

Público infanto-juvenil debate meio ambiente
A Prefeitura de Iguatu, através da Secretaria de Educação reuniu um grande número de jovens que marcaram presença para debater meio ambiente na IV Conferência InfantoJuvenil pelo Meio Ambiente. O encontro aconteceu no Teatro Pedro Lima Verde, durante a manhã de quinta-feira (19). O tema deste ano adotado nos trabalhos foi: “Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis”, onde foram apresentados projetos abordando temáticas com a água, ar, terra e fogo. 

Os assuntos em discussão já tinham sido debatidos nas conferências escolares que é o momento em que estudantes, professores e demais interessados reúnem-se para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço educador sustentável, constituindo-se, assim, em um lócus privilegiado para aprofundar o debate sobre o tema da Conferência em nível local.

Nessas conferências, cada escola construiu uma Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na Escola: COMVIDA onde essas escolas organizaram suas conferências envolvendo a comunidade, abordando o tema adotado. Cada escola elaborou um projeto de ação, de acordo com os conhecimentos adquiridos no cotidiano escolar e nos materiais encaminhados para o processo da IV CNIJMA, além de compartilhar o resultado do trabalho coletivo com outras escolas e com a comunidade.

A Conferência Nacional
A Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA), é um instrumento voltado para o fortalecimento da cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir de uma educação crítica, participativa, democrática e transformadora. Ela se caracteriza como um processo dinâmico de encontros e diálogos, para debater temas propostos, deliberar coletivamente e escolher os representantes que levarão as ideias consensuadas para as etapas sucessivas.

Envolver estudantes, professores, juventude e comunidade no enfrentamento do desafio de construirmos juntos, uma sociedade brasileira educada e educando ambientalmente para a sustentabilidade: esta é a tarefa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental, representado pela Diretoria de Educação Ambiental (DEA) do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pela Coordenação Geral de Educação Ambiental (CGEA) do Ministério da Educação (MEC).

Taiane 
Para os alunos partícipes desse processo, a conferência serve para que eles possam contribuir para uma mudança no mundo. 

Felipe
Taiane Pinheiro, estudante e escolhida como delegada na conferência, afirma que “é um privilégio está contribuindo para a mudança de um mundo melhor, cuidando do ambiente, colaborando para um futuro melhor e atuando para que as novas gerações possam também fazer parte desse processo de cuidar do meio ambiente”. 

Já o aluno Felipe Henrique, “o projeto tem a participação de toda a comunidade e região e no observar de todos, o melhor caminho é a preservação do meio ambiente para que haja um mundo mais saudável e mais tranquilo”.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário