sábado, 14 de setembro de 2013

Usinas Térmicas custarão R$ 200 mi por mês

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, afirmou que o acionamento de cerca de 1,1 mil MW de energia térmica na semana passada custo de R$ 200 milhões por mês aos consumidores. “Esse custo deverá ser bancado por todos os consumidores do sistema, e não só do Nordeste. Mas a Aneel está avaliando esse ponto”, disse o executivo.

Na semana passada, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) aprovou o religamento de 1,1 mil MW entre térmicas a óleo e a gás. A decisão foi tomada após o apagão que atingiu todo o Nordeste no fim de agosto por falha no sistema de transmissão, em função de uma queimada que teria provocado o desligamento de duas linhas de transmissão no Piauí. “A tendência é que o CMSE não desligue as térmicas em setembro”, afirmou o diretor-geral do ONS.

Segundo Chipp, as usinas deverão permanecer ligadas enquanto persistir o foco de calor que poderia provocar novas ocorrências desse tipo. “Agosto e setembro são os meses com maior intensidade de queimada no Nordeste. Enquanto houver foco de calor que possa repetir um evento dessa natureza, vamos propor que se opere com esse nível de contingência”. A manutenção dessas térmicas em outubro será avaliado com base nos dados climáticos.

O Governo Federal vem recorrendo ao uso das termelétricas ao longo de 2013 para garantir o fornecimento de energia, em função do fraco volume de chuvas no fim de 2012 que reduziu significativamente o nível dos reservatórios das hidrelétricas no começo de 2013.

Um comentário:

  1. Nosso Partido em formação APB (Acorda Povão Brasileiro), já esta em varias cidades do Brasil, com nossos Coordenadores colhendo assinaturas de apoio ao Partido e formando novas Células Partidárias nos Municípios.
    Muito em breve nosso Partido será a MAIOR REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA SEM ARMAS, do País, aqui estão algumas de nossas PROPOSTAS de Leis, para nossos Legisladores e Executivos:
    1º ) Redução de 70 %, dos salários de Vereadores, Deputados e Senadores.
    2º ) Redução de 70 %, em numero de Ministérios.
    3º ) Redução de 50 %, em valores de todos os IMPOSTOS gerados no País.
    4º ) Redução em números de Deputados Federais, Cinco por Estado.
    5º ) Redução em números de Senadores, Um por Estado.
    6º ) Deputados e Senadores fora de Brasília. Ficarão em sua Cidade Eleitoral. 7º ) Deputados Estaduais Um por Cidade. Ficará em sua Cidade Eleitoral.
    8º ) Vereadores Um por bairro.
    9º ) Cada Partido deverá ter Cinco candidatos por cadeira.
    a) Um candidato a Prefeito, Um candidato a Vice, 1º Suplente, 2º Suplente, 3º Suplente.
    b) Um candidato a Vereador, 1º suplente, 2º suplente, 3º suplente, 4ºsuplente.
    c) Um Candidato a Deputado Estadual , 1º suplente, 2º suplente, 3º suplente, 4º suplente
    d) Um Candidato a Senador, 1º suplente, 2º suplente, 3º suplente, 4º suplente.
    e) Um Candidato a Governador, um Vice Gov. 1º suplente, 2º suplente, 3º suplente.
    f) Um Candidato a Dep. Federal, 1º suplente, 2º suplente, 3º suplente, 4º suplente.
    g) Um Candidato a Presidente da República, Um Vice, 1º , 2º, 3º suplentes.
    10) Qualquer candidato eleito para o Legislativo ou Executivo, terá seus direitos Políticos
    CASSADOS, quando 51 % dos eleitores que participaram da eleição em questão, se
    juntarem em ABAIXO ASSINADO e juntamente com pedido de EXONERAÇÃO por
    IMPROBIDADE administrativa, protocolar junto ao TER local.
    11) O Tribunal Regional Eleitoral do Município, após comprovar a legitimidade das
    assinaturas no manifesto, terá até DEZ dias (corrido), para destituir o INFRATOR e
    DIPLOMAR o candidato suplente pelo Partido.
    12) Proibir o REPASSE de Verbas Públicas para os Partidos Políticos.
    13) Proibir e Punir pagamentos de Propaganda Politico e Partidária com Verbas Publicas.
    14) Proibir que Candidatos eleitos para o Legislativo, faça parte ou ocupe cargos no Executivo.
    Exeto em caso de pedido de Renúncia do cargo Eletivo.
    15) Em caso de REELEIÇÃO para o Executivo ou Legislativo, o candidato terá que pedir
    Renúncia do cargo 180 dias (corrido), antes do dia da eleição em questão.
    16) O Cargo eletivo pertence ao Partido.
    17) Proibido o Patrocínio com verbas Públicas, para clubes de futebol Profissional.
    18) Partidos Políticos tem autonomia para conseguirem Patrocínio no meio Empresarial,
    com pessoas Físicas ou Jurídicas.
    Contato: www.duraesfutebolltda.wix.com/acordapovobrasileiro
    Email acordapovaobrasileiro@gmail.com Facebook Acorda Povao Brasileiro
    Facebook Jose Pires Durães

    ResponderExcluir