terça-feira, 29 de outubro de 2013

Comércio aguarda com expectativa pelo 13º salário dos trabalhadores formais

Os R$ 3,3 bilhões que serão injetados na economia cearense, devido ao pagamento do 13° salário aos trabalhadores formais, prometem aquecer o comércio e diminuir a taxa de inadimplência do setor. 

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) 2,8 milhões de cearenses receberão o benefício, cuja segunda parcela deve ser paga até 20 de dezembro.

Para Alex Araújo, superintende da Federação do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio-CE), boa parte do valor a ser pago irá circular pelo comércio em forma de consumo para os meses finais do ano e para o pagamento das dívidas adquiridas em 2013. 

“O comércio se prepara para os meses finais do ano porque esse aumento na renda das pessoas estimula o consumo. Para outra parte da população, o 13º é revertido no pagamento das dívidas, ficando também no setor“.

Nenhum comentário:

Postar um comentário