sábado, 26 de outubro de 2013

Enem 2013: 24 estudantes são eliminados por postarem fotos das provas nas redes sociais

No primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 24 candidatos foram eliminados, até as 17 horas, por postarem fotos do exame em redes sociais. Os candidatos postaram, de dentro das salas de provas, por exemplo, fotos do cartão de resposta.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, não informou os estados dos estudantes desclassificados. Ele informou que a maioria pagou a taxa de inscrição. Os alunos concluintes da rede pública de ensino eram isentos do pagamento da taxa.

Outros candidatos podem ser eliminados por terem deixado a sala de provas com menos de duas horas após o início da prova, que começou às 13h (horário de Brasília), o que não é permitido. O Ministério da Educação ainda está apurando o número de estudantes que podem ser desclassificados por esse motivo.

Na noite de hoje, 96 mil candidatos sabatistas iniciam a prova em todo o país. No entanto, em 13 estados e no Distrito Federal, eles começaram às 20 horas (horário de Brasília). Isso porque nesses locais anoitece mais tarde por causa do horário de verão. A mudança no horário foi decidida ontem (25) após uma decisão do Tribunal de Justiça da 1ª Região. Nos demais estados, os sabatistas iniciaram a prova às 19h (horário de Brasília). Os sabatistas guardam o sábado por convicção religiosa, o que significa que só trabalham ou estudam após o pôr do sol.

No balanço do primeiro do exame, Mercadante informou que uma candidata, de 20 anos, entrou em trabalho de parto em Teresina (PI). Ela foi atendida no local por médicos e levada para o hospital. De acordo com o ministro, a jovem será mãe de uma menina. A estudante poderá fazer a prova em data posterior, ainda não definida, segundo Mercadante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário