segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Ministério da Saúde confirma que não houve sumiço de equipamentos de hospital de Sobral

Ciro e Odorico Monteiro (Foto Ethi Arcanjo)
O secretário nacional de Gestão e Participação Popular do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, reafirmou, nesta segunda-feira, 14, que não houve sumiço de equipamentos no Hospital Regional do Norte (HRN), situado em Sobral. Em coletiva realizada hoje, o procurador da República, Oscar Costa Filho, criticou a gestão do secretário de Saúde, Ciro Gomes, e afirmou que já acionou a Polícia Federal para investigar o caso.

Odorico destacou, ao Blog do Eliomar, que a parte inaugurada do hospital está em “pleno funcionamento” e que “as outras áreas estarão funcionando em breve”. “Não haverá necessidade de ressarcimento do valor visto que todos os equipamentos foram encontrados”, ressaltou. “A auditoria complementar vai esclarecer as dúvidas que ficaram do relatório anterior’, completou o secretário. 

A possibilidade de desaparecimento de material avaliado em quase um milhão e posterior ressarcimento pelo Governo do Ceará foram anunciados após auditoria do Ministério da Saúde, solicitada pelo Ministério Público Federal no Ceará. Odorico preferiu não comentar a troca de farpas de Ciro Gomes, com Oscar Costa Filho, que quer apurar o fato.

MPF
Na manhã de hoje, o MPF convocou coletiva de imprensa para anunciar as novas medidas diante das investigações no HRN. Oscar Costa Filho criticou a existência de ato político para barrar as investigações. Ele disse ainda que Ciro Gomes tem praticado improbidade administrativa e que, futuramente, entrará na Justiça “para tentar comprovar a incompatibilidade do secretário na pasta”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário