segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Rastro de Violência: Promotor de Justiça é assassinado nesta segunda-feira (14)

Promotor Thiago Faria
O promotor Thiago Faria de Godoy Magalhães, 36, assassinado na manhã desta segunda-feira (14), estava na função de responsável pelo MP em Itaíba (a 344 km do Recife) havia apenas 10 meses. Nesta segunda, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, determinou que três procuradores do MPF (Ministério Público Federal) acompanhem de perto as investigações do assassinato do professor e promotor de Justiça

Ele foi assassinado na manhã desta segunda-feira (14) quando vinha da cidade de Águas Belas, no agreste do estado, para Itaíba. A princípio não há suspeitos do crime, que está sendo investigado. Magalhães também exerceu cumulativamente as funções de promotor de Justiça em Calçado (205 km do Recife) e a 1ª Promotoria Criminal de Garanhuns (232 km do Recife).   

A noiva do promotor teve ferimentos leves ao pular pela janela do carro para fugir dos disparos.

Além de promotor, Thiago também foi autor de livros jurídicos e era professor conhecido em Pernambuco de cursos preparatórios para concurso.

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Aguinaldo Fenelon, já está em Itaíba e emitiu nota dizendo que Thiago era "um profissional brilhante e competente." Fonte: Uol Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário