quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Começa dia 11 de novembro em Iguatu, aplicação do programa Prova Brasil para alunos do ensino fundamental

A Prefeitura Municipal de Iguatu, através da Secretaria de Eucação já se mobiliza para a aplicação da Prova Brasil, no período de 11 a 14 de novembro. Esta é uma prova aplicada em todo o país com avaliações oficiais externas aplicadas para alunos do 5º ao 9º ano e PROVA AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO-ANA 3º ano).

De acordo com Benildes Uchoa, secretária de Educação, a equipe técnica pedagógica da Educação já foi preparada para a realização de monitorando, realizando e acompanhado as aplicações das referidas avaliações nas Unidades Escolares. 

A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) são avaliações para diagnóstico, em larga escala, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). Têm o objetivo de avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

Nos testes aplicados na quarta e oitava séries (quinto e nono anos) do ensino fundamental e na terceira série do ensino médio, os estudantes respondem a itens (questões) de língua portuguesa, com foco em leitura, e matemática, com foco na resolução de problemas. No questionário socioeconômico, os estudantes fornecem informações sobre fatores de contexto que podem estar associados ao desempenho.

Professores e diretores das turmas e escolas avaliadas também respondem a questionários que coletam dados demográficos, perfil profissional e de condições de trabalho.

A partir das informações do Saeb e da Prova Brasil, o MEC e as secretarias estaduais e municipais de Educação podem definir ações voltadas ao aprimoramento da qualidade da educação no país e a redução das desigualdades existentes, promovendo, por exemplo, a correção de distorções e debilidades identificadas e direcionando seus recursos técnicos e financeiros para áreas identificadas como prioritárias.

As médias de desempenho nessas avaliações também subsidiam o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), ao lado das taxas de aprovação nessas esferas.

Além disso, os dados também estão disponíveis a toda a sociedade que, a partir dos resultados, pode acompanhar as políticas implementadas pelas diferentes esferas de governo. No caso da Prova Brasil, ainda pode ser observado o desempenho específico das escolas públicas urbanas do país.

Os dados dessas avaliações são comparáveis ao longo do tempo, ou seja, pode-se acompanhar a evolução dos desempenhos das escolas, das redes e do sistema como um todo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário