sábado, 7 de dezembro de 2013

Mega manifestação em Iguatu reúne prefeitos da região com Agenor Neto e Aderilo e a população pela faculdade de medicina

O povo e as lideranças politicas do bem de Iguatu

Iguatu viveu neste dia 06 de dezembro uma de suas maiores manifestações realizados pela população e as lideranças políticas de Iguatu e região, através da liderança de Agenor Neto e o prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara. 

Essa manifestação teve como objetivo conclamar a comunidade de Iguatu e toda a região centro sul para a importância da implantação de uma faculdade de medicina no município. A manifestação reuniu milhares de pessoas entre estudantes, professores, empresários, profissionais liberais, funcionários públicos e lideranças políticas como Agenor Neto, vice-presidente do PMDB, prefeito de Iguatu Aderilo Alcântara, vice-prefeito, Ednaldo Lavor, prefeito de Orós, Simão Pedro, prefeito de Solonópole, Werbton Pinheiro, prefeito de Catarina, Jeferson Paes de Andrade, prefeito de Jucás, Raimundo Luna, presidente da Câmara Municipal de Iguatu, Bandeira Junior, vereadores de várias cidades da região centro sul. 

Faculdade de medicina já!!
De acordo com informações da coordenação que elaborou o documento para a vinda da faculdade de medicina para Iguatu, o Ministério da Educação e Cultura (MEC) abriu edital para implantação de cursos de medicina em todo o país e no Ceará, três cidades estavam concorrendo para receber esse curso: Iguatu, Crato e Quixadá. Os municípios para estarem aptos a receber o curso de medicina precisavam cumprir vários critérios, dentre eles está distante de um outro município com curso de medicina já existente, 100km. No dia 03 de dezembro o ministério divulgou o resultado contemplando a cidade do Crato como sendo o município apto a receber o curso de medicina. 

Essa notícia causou indignação à população do município de Iguatu que culminou com essa grande manifestação, já que pelos critérios técnicos, Iguatu cumpriu todas as determinações exigidas. 

Nesta segunda-feira (09), o líder político Agenor Neto vai está indo para Brasília onde vai levar toda a documentação necessária para entrar com recurso junto ao MEC e Ministério da Saúde para que Iguatu seja incluido na lista de cidades beneficiadas com esse curso. "Todos sabem da importância de um curso desse porte como é o caso de um curso de medicina e já pleiteávamos há dois anos para que Iguatu ganhasse o curso de Medicina. Preparamos e estruturamos a cidade para esse fim e com essa notícia, ficamos surpresos, pois sabíamos que o município de Iguatu era p único entre os três que estava cumprindo esses critérios, mas a luta continua, vamos entrar com recurso e unindo forças como de Aderilo, prefeitos da região centro sul, nossos vereadores da situação, nossos estudantes, empresários e o povo em geral que quer ver o seu filho formado aqui mesmo em Iguatu num curso de medicina. Vamos buscar esse curso para Iguatu", afirmou Agenor Neto.  

Um comentário:

  1. Transporte Universitário gratuito também seria bom nas pautas da reivindicação! Só na Região do distrito de José de Alencar também tem mais de 40 alunos Universitários que andam em transporte privado para ir a faculdade no Iguatu! A prefeitura de Iguatu já está ciente de que existem por meios legais condições de ser disponibilizado o transporte para tal, conforme disposto no Artigo 5º da Lei nº 12.816/2013 promulgada pela Presidente da República Federativa do Brasil, Dilma Rousseff. Bastava ser feito solicitações para o transporte, mas parece que esqueceram de fazer isso!

    ResponderExcluir