terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Papa Francisco agendou visita à Terra Santa para o mês de maio

O papa Francisco anunciou ontem a data de sua visita à Terra Santa, de 24 a 26 de maio, depois da oração do Angelus, na Praça de São Pedro.

"No clima de alegria deste período de Natal, eu gostaria de anunciar que de 24 a 26 de maio do próximo, farei uma peregrinação à Terra Santa", disse o Papa argentino, acrescentando que sua jornada envolverá três etapas: Amã, Belém e Jerusalém.

Na Igreja do Santo Sepulcro, onde está o túmulo de Jesus Cristo em Jerusalém, segundo a tradição cristã, "nós iremos celebrar um encontro ecumênico com todos os representantes das Igrejas cristãs de Jerusalém e com o Patriarca Bartolomeu de Constantinopla", disse o chefe da Igreja Católica ante uma multidão de fiéis.

Jorge Bergoglio não deu outros detalhes sobre esta viagem, anunciada no dia do aniversário de 50 anos da histórica visita do Papa Paulo VI, a primeira de um Papa à Terra Santa.

Francisco explicou que a data do anúncio era importante porque "comemora o encontro histórico entre o papa Paulo VI e o patriarca Atenágoras I de Constantinopla", em 5 de janeiro de 1964 em Jerusalém, uma reunião que revogou a excomunhão de 1054 que provocou a divisão entre as igrejas do Oriente e do Ocidente.

O papa Francisco foi convidado pelo presidente israelense, Shimon Peres, e o presidente palestino, Mahmud Abbas, durante as audiências no Vaticano.

Em fevereiro de 2013, pela primeira vez, a Santa Sé usou o termo "Estado da Palestina", após o reconhecimento pela ONU de um novo status para a Palestina.

A Santa Sé tem expressado repetidamente a "esperança" de uma "solução justa e duradoura" para o conflito entre israelenses e palestinos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário