segunda-feira, 3 de março de 2014

Somente quatro açudes monitorados pelo DNOCS no Ceará estão acima dos 50% de reserva

Castanhão
Com cerca de pouco mais de  2 bilhões de m³, o açude Castanhão perdeu 70% da água que tinha acumulado ao longo de 10 anos. O açude que é maior que a Baía de Guanabara, abastece muitas cidades, inclusive Fortaleza.

Dentre os açudes monitorados pelo DNOCS apenas quatro estão acima dos 50% de reserva. O Orós está com 970 milhões de m³ de água, 50% de sua capacidade. 

O Banabuiú se encontra com 54% e o Açude Trussu, com 60%. Já o açude Quixeramobim, na Bacia do Banabuiú se mantem com 65% de sua capacidade, conservando 34,8 milhões de m³ do recurso hídrico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário