terça-feira, 20 de maio de 2014

Bolsa-Estiagem vai ampliar benefício a agricultores prejudicados

O governo Federal baixou uma medida provisória autorizando o pagamento  do Bolsa-Estiagem a partir do mês de maio. O benefício será pago até dezembro, dividido em parcelas de R$ 80. A medida provisória determina, ainda, que os agricultores familiares que receberam o Garantia-Safra até abril deste ano receberão, automaticamente, o Bolsa-Estiagem a partir deste mês.

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará, Nelson Martins, informou que os agricultores cadastrados no Garantia-Safra receberão o outro benefício até que sejam concluídos os laudos de perda de safra pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para o pagamento em 2014. “Quando for iniciado o pagamento do Garantia-Safra, os agricultores cadastrados neste benefício deixarão de receber o Bolsa-Estiagem”, afirmou o secretário.

Nelson Martins ressalta que não pode haver pagamento concomitante dos dois benefícios. Ele lembra ainda que só haverá o pagamento do Garantia-Safra caso seja confirmada a perda igual ou superior a 50% da safra. “As Prefeituras Municipais já podem solicitar à Ematerce que faça o laudo de perdas de safra, para ser enviado ao MDA”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário