sexta-feira, 9 de maio de 2014

Justiça Eleitoral condena Rádio Jornal de Iguatu a pagamento de R$ 52 mil em multas

A Justiça Eleitoral de Iguatu, atendendo a uma representação eleitoral do Ministério Público Eleitoral (MPE) protocolada nas eleições municipais de 2012, condenou a Rádio Jornal Centro Sul de Iguatu ao pagamento de multa no valor de R$ 10 mil reais, por agredir moralmente com propaganda eleitoral irregular por meio do site Iguatu.org (mantido pela referida emissora), o então candidato a prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara Filho (PRB).

Num dos trechos da sentença, descreve o juiz: “A representada, e isso é fato público e notório, tem apertado laço de proximidade com a então candidata Mirian Sobreira e seu marido, o Sr. Marcelo Sobreira”.

Sobreira já responde processo e inquérito policial na justiça de Iguatu, por ser autor de centenas de artigos publicados no blog Iguatu.org, agredindo moralmente o ex-prefeito Agenor Neto, seus familiares e amigos.

O jornalista Vicente Araújo, ex-assessor de Marcelo Sobreira, quando foi ouvido na polícia de Iguatu, “confessou por escrito que era Marcelo Sobreira que dizia como queria os textos contra Agenor Neto, seus familiares e correligionários e, também, escrevia grande parte dos textos”.

Outra condenação

Em outra ação sob o nº 366-09.2012.6.06.0013, da lavra do juiz eleitoral, Dr. Josué de Souza Lima Júnior, de 05 de maio de 2014, com parecer favorável do MPE, a Rádio Jornal Centro Sul, com sede neste município, foi condenada a pagar multa de R$ 42 mil reais, por ter aberto espaço durante o período eleitoral, para que uma pessoa que se denomina Frei Chico, agredisse moralmente o então candidato a prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, imputando-lhe fatos mentirosos, cujo interesse era confundir a opinião pública e os eleitores do município.  

Na sentença, o juiz eleitoral numa linguagem clara e com boa redação, também esclarece que no Iguatu “é fato público e notório que a emissora representada possui forte vínculo com o grupo político que patrocinava a candidatura da Sra. Mirian Sobreira”.

“É lamentável que se use uma emissora de rádio de concessão pública, até mesmo em período vedados, para emporcalhar a vida pessoal das pessoas. Foram várias representações contra a Rádio e o Blog Iguatu.Org, que passaram o período todo das eleições enganando, blefando ao povo iguatuense. Foi uma campanha de baixo nível, chegando ao ponto do Sr. Marcelo Sobreira se utilizar, até mesmo de panfletos anônimos, para agredir Agenor e Aderilo”, esclarece Fabrício Moreira, advogado do prefeito Aderilo Alcântara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário