terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Vídeo mostra tentativa de obstruir prova de fraude na eleição mesa diretora da Câmara de Vereadores de Iguatu


Na sessão da Câmara de Vereadores de Iguatu, onde iria acontecer a escolha da nova mesa diretora do Legislativo, nesta segunda-feira, dia 15 de dezembro, o processo acabou sendo interrompido por conta da descoberta de uma cédula a mais na urna em foram depositados os votos dos 17 vereadores. Como na urna foi encontrada 18 cédulas de votação, o presidente da Câmara, Bandeira Junior resolveu levar o caso para a Justiça, já que essa 18ª cédula ficou constatada que era falsa. 

A referida cédula que tinha a assinatura do presidente da casa e do secretário, vereador Nelho Bezerra não era condizente com as assinaturas das outras cédulas de votação. O tumulto foi formado e o bate-boca foi generalizado. Na hora da confusão percebe-se que o vereador de oposição Joaquim Ribeiro subtrai da mão do presidente Bandeira Junior a cédula falsa e entrega ao candidato a presidente, vereador Rubenildo Cadeira que dobra o papel e guarda no bolso do paletó, como ser ver no vídeo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário