sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Cid Gomes no momento da posse como ministro da Educação promete diálogo com professores

Transmissão do cargo
Apesar de ter sido oficialmente empossado ontem, aconteceu hoje a cerimônia de transmissão de cargo de ministro da Educação para o ex-governador Cid Gomes (Pros). Recebendo o cargo de José Henrique Paim (PT), afirmou que buscará "diálogo" com os docentes. "Pretendo me reunir com seus representantes, convidando-os para contribuir ainda mais para as políticas nacionais. Meu gabinete estará sempre aberto para receber conselhos, críticas e ajuda", afirmou.

Durante seu governo, Cid protagonizou diversos embates com a classe docente, tendo os dois episódios mais emblemáticos no confronto entre professores da rede estadual e policiais na assembleia legislativa, durante a greve de 2011 e na polêmica declaração de que "quem está atrás de riqueza, está atrás de dinheiro, deve procurar outro setor, e não a vida pública".

O novo ministro apontou também quais seriam as prioridades de seu mandato. Segundo ele, "temos como grande meta melhorar a qualidade do ensino fundamental. No ensino médio, além de ampliar o acesso, reformar o currículo, compreendendo as características regionais de cada estado".

O lema da nova gestão - Brasil, Pátria Educadora - também foi comentado por Cid. De acordo com ele, após os governos petistas buscarem a redução da desigualdade e combate a fome, é chegado o momento de trabalhar pela "inclusão pelo saber".

Nenhum comentário:

Postar um comentário