terça-feira, 28 de abril de 2015

Brasileiro Rodrigo Gularte é executado na Indonésia, diz TV local

Brasileiro executado
Após passar dez anos no corredor da morte, Rodrigo Gularte, de 42 anos, foi executado nesta terça-feira (28) na Indonésia, segundo informações do jornal local The Jakarta Post. Gularte havia sido preso em 2004 por tentar entrar no país com 6 kg de cocaína. Ele usou oito pranchas de surfe para esconder 12 pacotes da droga.

Um porta-voz do governo, que não quis se identificar ao jornal, disse que "as execuções ocorreram sem problemas" e com "tranquilidade".

Gularte pediu à família que seja enterrado no Brasil, em uma reunião que os parentes tiveram com o brasileiro na segunda-feira (27), dentro do complexo de prisões de Nusakambangan, em Cilacap. 

O brasileiro estava a caminho da ilha de Bali, acompanhado de dois amigos, mas assumiu sozinho a autoria do crime de tráfico internacional de drogas.

O Itamaraty chegou a entregar uma carta ao diretor da penitenciária Pssar Putih, na Indonésia, pedindo a transferência de Gularte para um hospital psiquiátrico na cidade de Yogyarta.

Diagnosticado com esquizofrenia, o brasileiro podia ter sido poupado do fuzilamento se o laudo, assinado por um médico do serviço público de saúde do país, tivesse sido aceito pela Justiça.

Tentativas de ao menos adiar a execução foram feitas também pela Anistia Internacional, mas os planos esbarraram no apoio popular à pena de morte para traficantes entre a população da Indonésia, que é de maioria muçulmana.

Como última tentativa de evitar o fuzilamento, advogados de Gularte entraram nesta terça-feira (28) com recurso na Corte Administrativa de Jacarta pedindo a revisão do fato do presidente indonésio, Joko Widodo, ter negado clemência ao brasileiro. Fonte: R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário