terça-feira, 14 de abril de 2015

Transnordestina: Orçamento da ferrovia salta 150% em 5 anos

Com um atraso que já dura quase quatro anos e meio, a ferrovia Nova Transnordestina deverá ter o orçamento para sua instalação mais uma vez ampliado. As obras - que começaram em 2006, com previsão de conclusão para 2010 - custariam, a princípio, R$ 4,5 bilhões. Após algumas alterações nesse montante, o projeto se encontra novamente em readequação orçamentária, com novo valor previsto para R$ 11,2 bilhões - quase uma vez e meia acima do programado inicialmente (150%).

De acordo com o Relatório de Administração 2014 divulgado pela Transnordestina Logística S.A. (TLSA), responsável pelo projeto, o novo orçamento da ferrovia está, no momento, "em fase de análise pelos órgãos responsáveis". Segundo o documento, estão estimados novos valores por cada um dos cinco trechos do empreendimento.

A nova composição em estudo é a seguinte: Missão Velha (CE) - Salgueiro (PE), R$ 400 milhões; Salgueiro (PE) - Trindade (PI), R$ 700 milhões; Trindade - Eliseu Martins (PI), R$ 2,4 bilhões; Missão Velha - Porto de Pecém (CE), R$ 3 bilhões; e Salgueiro - Porto de Suape (PE), R$ 4,7 bilhões.

"Conforme o Acordo de Investimentos, à CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) caberá a responsabilidade de aportar recursos extraordinários, se houver necessidades de investimentos que ultrapassarem o orçamento acordado, em troca de contrato de uso da via permanente", informa o relatório. A Nova Transnordestina é um empreendimento tocado pela iniciativa privada, mas conta com financiamento de recursos públicos e está incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário