domingo, 31 de maio de 2015

Mauro Carmélio e FCF na mira de investigação da Polícia Federal

O Ministério da Justiça informou nesta quinta-feira (29) que a Polícia Federal abriu inquérito para investigar se houve no Brasil crimes relacionados ao escândalo que atingiu dirigentes da Fifa.  O objetivo é investigar lavagem de dinheiro e crime contra o sistema financeiro dos dirigentes da CBF e empresários de futebol

No Ceará, o assunto promete ser uma dor de cabeça para o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, que é ligado ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero.  A entidade cearense firmou contrato com o grupo americano de mídia "Turner", responsável pelo Canal Interativo, e empresas de TV local. 

Nessa sexta-feira (29) Mauro Carmélio será o representante da CBF na eleição da Fifa que acontece em Zurique, na Suiça. Com a saída de Marco Polo Del Nero, que deixou o país, e com a prisão de José Maria Marin, restaram apenas duas pessoas da comissão brasileira da Fifa: o presidente da FCF, Carmélio e o presidente da Federação de Goiás, André Pitta. Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário