domingo, 31 de maio de 2015

Veja revela como Cid Gomes transformou Fortaleza em um cemitério de obras

Reportagem publicada na edição da revista Veja, que chega às bancas nesse final de semana, faz um raio x dos dois mandatos de Cid Gomes (2007 a 2014) à frente do Governo do Estado, e destaca negativamente um cemitério de obras, incluindo o que seria 'o maior aquário da América Latina' - hoje, mais um esqueleto na paisagem. Segundo o então governador, com o Acquário do Ceará, Fortaleza se transformaria em uma 'cidade referencial para o mundo'. 

A previsão era que a construção ficasse pronta antes da Copa do Mundo de 2014. Mas, não só não ficou como está está parada desde fevereiro, assim como estão paradas as obras do veículo leve sobre trilhos, que transportaria 90 mil passageiros por dia em Fortaleza, da linha leste do metrô, que deveria ser o maior investimento da história do Ceará e da duplicação do anel viário, anunciada como a solução para congestionamento entre os portos de Mucuripe e Pecém.

No lugar dos empreendimentos que deveriam estar de pé, há apenas canteiros abandonados, lixo acumulado e um ou outro segurança que circula pelos terrenos para evitar que moradores de rua se apossem deles. Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário