domingo, 7 de junho de 2015

Ceará é o estado com maior participação de menores em crimes letais

Diante da discussão da redução da maioridade penal no Brasil, uma estatística feita pelo Jornal Folha de São Paulo desnuda um pouco a situação da criminalidade promovida pelos adolescentes no país. O levantamento aponta que o Ceará é o estado onde há uma maior participação dos menores em crimes violentos. O dado mostra que houve participação desse segmento em 30,9% de todos os assassinatos no ano passado, e segundo a publicação esse número pode ser puxado para cima por incluir latrocínios.

Oficialmente não há estatísticas que dimensionem a participação de jovens nos crimes no país. A pesquisa, no entanto, é incompleta pois retrata a realidade de nove da 27 unidades da federação. Mas embora mostre um retrato parcial, o levantamento traz indicações. Revela que, nos nove Estados, a participação de menores em homicídios com autoria conhecida não é insignificante, como autoridades têm dito. Em sete Estados, é igual ou superior a 10%.

Na quarta­feira (3), a Presidência da República publicou nota informando que, segundo o Ministério da Justiça, os menores são responsáveis por apenas 0,5% dos homicídios no país. O dado já tinha sido divulgado antes.

Procurado, o ministério negou a autoria da conta e a atribuiu ao Fórum Brasileiro de Segurança Pública. A entidade, porém, afirmou nunca ter feito tal cálculo justamente por falta de dados oficiais.

Estimativa de que menores responderiam por 1% das mortes também já foi atribuída ao Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), que nega ser fonte do dado.

ESTADOS

Além do Ceará, o Distrito Federal tem um alto índice da participação de menores em homicídios, 30%.  No Maranhão, jovens responderam por só 3,1% dos homicídios da capital, mas por 15,2% dos latrocínios, em 2014. Mato Grosso é outro caso de baixo envolvimento em assassinatos: 3,9%. Ainda assim, os percentuais superam os supostos 0,5% e 1%. Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário