domingo, 14 de junho de 2015

Com aval de Dilma, ministro da Saúde articula nova CPMF

O Governo Federal poderá trabalhar a volta de uma nova CPMF para financiar o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. O imposto sobre o cheque foi extinto em 2007 após dez anos de vigência e pode voltar agora em novo formato, incidindo sobre grandes movimentações financeiras e deixando de fora a classe média. 

O ensaio para colocar o assunto em pauta no governo foi dado, com aval da presidente Dilma Rousseff (PT), pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante o 5º congresso do PT em Salvador. 

Segundo ele, já houve uma conversa com a maioria dos governadores sobre a proposta. Uma ideia seria estabelecer um piso de movimentação financeira sobre a qual incidiria a taxação. “É preciso dar sustentabilidade ao sistema”, disse o ministro. “E o partido já mostrou o caminho”. A intenção do governo é apresentar uma sugestão no segundo semestre durante Conferência de Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário