sábado, 6 de junho de 2015

Estados e municípios prorrogam vacinação contra a gripe

Oito estados e quatro capitais prorrogaram o prazo de vacinação contra a gripe. A campanha nacional, do Ministério da Saúde, foi encerrada nesta sexta-feira (5) – o prazo inicial, de 22 de maio, havia sido adiado pelo órgão. Acre, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Roraima e São Paulo decidiram prorrogar o período mais uma vez, assim como algumas das capitais (Florianópolis, João Pessoa, Porto Alegre e Rio de Janeiro).

O objetivo do governo federal era imunizar pelo menos 80% do chamado grupo prioritário, composto por crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, mulheres em até 45 dias após o parto, pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da saúde, indígenas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Foram vacinados, no entanto, 73% do total esperado (35,9 milhões de pessoas).

Segundo o ministério, apenas cinco estados atingiram o objetivo: Amazonas (81,38%), Amapá (89,36%), Espírito Santo (81,86%), Paraná (83,48%) e Santa Catarina (82,18%).
Por isso, apesar de não adiar novamente a campanha, o ministério fez uma recomendação aos estados e municípios que não cumpriram a meta para que continuem vacinando.

Ceará
Em 103 municípios cearenses que não atingiram a meta de imunização, a vacinação contra a gripe será prorrogada  até a próxima sexta-feira (12). Segundo a Secretaria de Saúde do estado, a cobertura da campanha estava em 64,04% do público-alvo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário