terça-feira, 9 de junho de 2015

HSBC anuncia saída do Brasil e demissão de até 50 mil funcionários pelo mundo

O banco HSBC anunciou nesta terça-feira, 9, que venderá a filial de varejo no Brasil e na Turquia até 31 de dezembro de 2016. A empresa afirmou que mesmo com a venda pretende manter alguma presença no País para atender grandes corporações. 

As decisões fazem parte de uma reformulação das operações globais do banco, com planos para reduzir ativos de risco, e separar as operações do banco no Reino Unido, que tem melhorado a rentabilidade. O objetivo é concentrar a atuação na Ásia, principalmente na China e na Índia. A meta da operação é um retorno sobre o patrimônio líquido de mais de 10%, até 2017.

Demissões 

A instituição financeira ainda deve cortar 50 mil empregos nos dois países, dizem as redes “CNN”, “BBC” e Reuters. A estimativa é que cerca de metade dos cortes de postos de trabalho virão das vendas dos negócios no Brasil e na Turquia. Por volta de 7 a 8 mil cortes são esperados também na Grã-Bretanha.

Não está definido ainda como serão feitas e as datas das demissões, que não foram confirmadas pelo grupo. No Brasil, o banco britânico tem mais de 21 mil funcionários, segundo a agência France Presse. Entre 2011 e 2014, o banco já havia cortado 40 mil postos de trabalho, para reduzir os custos e para concentrar o grupo nas atividades consideradas estratégicas. 

Em nota, o HSBC Brasil informou qe está em um processo de venda e não de encerramento de suas operações no País. O banco segue operando normalmente e, mesmo após a venda, seguirá prestando serviços aos seus clientes. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário