quarta-feira, 29 de julho de 2015

Greve do INSS deixa 88 mil pessoas sem atendimento somente em Fortaleza

Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Ceará realizaram uma manifestação na manhã dessa terça-feira (28), na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza. Os trabalhadores estão paralisados desde o dia 7 de julho. Em entrevista ao Jornal Alerta Geral nesta quarta-feira, 29, a diretora da secretaria administrativa e de finanças do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social no Estado do Ceará (SINPRECE), Carmem Lúcia Marques, afirmou que neste período, cerca de 88 mil pessoas ficaram sem atendimento somente em Fortaleza.

“Somente na agência central em Fortaleza são cerca de 4.500 atendimentos realizados diariamente, então apenas na Capital, cerca de 88 mil pessoas estão sem atendimento por mês”, declarou Carmem Marques.

A paralisação ocorre no Ceará e em outros 14 estados brasileiros. O Estado conta com 87 agências do INSS, distribuídas em três gerências (Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral). De acordo com  o Sinprece, a paralisação da atividade segue por tempo indeterminado, até “nova orientação do comando nacional de greve”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário