domingo, 2 de agosto de 2015

Governo do Ceará quer transformar Base em pista do aeroporto

Base Aérea de Fortaleza
O Governo do Ceará apresentou nova cartada para tentar garantir a vinda do centro de conexões de voos (hub) da TAM para Fortaleza. Uma segunda pista para pousos e decolagens no aeroporto internacional Pinto Martins deve ser construída, aproveitando o espaço da Base Aérea de Fortaleza.

O projeto foi apresentado pelo governador Camilo Santana (PT) na última quinta-feira, 30, ao ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB). Ontem, a proposta técnica foi mostrada ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que ontem visitou o Ceará. Ambos se mostraram bem impressionados com a ideia.

Fortaleza disputa com Natal (RN) e Recife (PE) a instalação do centro de conexões de voos, investimento capaz de representar considerável incremento na economia do Estado que for escolhido. 

O espaço para construção de uma segunda pista é considerada a principal vantagem competitiva de Natal para atrair o investimento. Para neutralizar o potencial trunfo adversário, o governo cearense formulou o projeto com a alternativa de segunda pista. Local escolhido, a Base Aérea já está praticamente desativada, com transferência de grande parte das operações para Natal.

Segundo fontes do Governo do Estado, a reivindicação por uma segunda pista como critério para a decisão sobre o hub não havia sido apresentada nas várias reuniões de que Camilo Santana participou com a direção da Latam - companhia aérea resultante da fusão entre a brasileira TAM e a chilena LAN. Mas, com a questão colocada em pauta, o governo cearense tratou de buscar alternativa. 

Concessão

O Pinto Martins foi incluído no pacote de concessões à iniciativa privada do Governo Federal, o que é considerado trunfo para tentar garantir o investimento. Há 11 empresas habilitadas a realizar estudos para administrar o aeroporto. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário