domingo, 9 de agosto de 2015

Senador Tasso fiscaliza ações do Governo e cobra cortes de gastos

Tasso Jereissati
Em seus pronunciamentos, o senador Tasso Jereissati expressou sua preocupação com os rumos do governo da Presidente Dilma Rousseff. Diante da crise econômica, sugeriu cortes dos gastos do próprio governo, como ministérios, embaixadas e consulados, ao invés de iniciar com medidas que afetassem diretamente o cidadão.

Para ele, “quando é necessário realizar um ajuste, o exemplo por parte do governo é fundamental”. Por isso, votou contras as Medidas Provisórias que restringiram os direitos do trabalhador com alterações nas regras do seguro desemprego e abono salarial, e da pensão por morte.

Também criticou declarações do ex-presidente Lula, nas quais ele fez restrições ao PT e a forma do Governo da Presidente Dilma; e a falta de credibilidade da gestão petista, diante do clima de instabilidade política e econômica no Brasil. Em diversos requerimentos solicitou a presença de Ministros para prestar esclarecimentos sobre temas importantes para a sociedade, como as pedaladas fiscais e a posição brasileira quanto a violação de direitos humanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário