segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Cientistas descobrem água em estado líquido em Marte

O anúncio feito pela Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) da descoberta de que possa haver água em estado líquido em Marte animou a comunidade científica internacional.

A disponibilidade de água, constatada por uma equipe de geofísicos, muda o rumo das investigações que vêm sendo feitas.

Segunda a física brasileira Patricia Figueiró Spinelli, do Museu de Astronomia e Ciências Afins, no Rio de Janeiro, a descoberta de água líquida faz com que os cientistas passem a procurar por formas de vida no planeta vizinho.

A comunidade científica trabalha com a possibilidade de haver formas de vida microbianas, como explica Jorge Márcio Carvano, do Observatório Nacional.

Cientistas já haviam admitido que Marte foi inundado por rios, lagos e até mesmo por oceanos há alguns bilhões de anos. Em 2011, foi detectada a presença de água congelada em calotas polares, mas essa é a primeira evidência de água em estado líquido.

A descoberta foi revelada pelo exame de imagens no relevo de marte feitas pelo robô sonda da Nasa e pela análise da composição do solo, que assinalou a presença de sais minerais hidratados.

Conforme os observadores, há água salgada que percorre sazonalmente formações que se assemelham a córregos.

Segundo os cientistas entrevistados, apesar da importância da descoberta de água, ainda não é possível imaginar a exploração do planeta vizinho da Terra com bases permanentes, como se inspiram criadores de filmes de ficção e até a música popular. Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário