segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Número de reclamações contra a Coelce aumenta 31,74% em 2015

O número de reclamações contra a Companhia Energética do Ceará (Coelce) cresceu 31,74% de janeiro a agosto de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado. O relatório é da Agência Reguladora de Serviços Públicos e Delegados do Ceará (Arce). Foram registradas 5.433 reclamações de consumidores cearenses neste ano, além de 22 denúncias, somando 5.455 queixas.

O número é 27 vezes maior que o da segunda mais reclamada, a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que apresentou 201 queixas no período. Segundo a Arce a diferença entre reclamações e denúncias é que, no caso destas, o consumidor já apresenta provas de que a empresa está ferindo a legislação. Em 2014, entre janeiro e agosto, a Coelce teve 4.124 reclamações.

Os consumidores cearenses que tiveram interrupção no fornecimento de energia buscaram os canais de atendimento da Arce 1.988 vezes. Problemas com ligações (524) e falta de disponibilidade da rede (extensão), com 519, completam a lista. Vale ressaltar que a Arce é delegada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para fiscalizar e aplicar multas à distribuidora.

Na avaliação do coordenador de energias da Arce, Eugênio Bittencourt, a interrupção de distribuição denota diminuição dos serviços de manutenção preventiva ou insuficiência das equipes de emergência. “Isso leva o consumidor a reclamar mais quando há interrupção e ele não recebe uma resposta da concessionária em tempo razoável”, explica. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário