quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Tasso: “É preciso força e autoridade política para mexer no cerne da ineficiência”

Tasso Jereissati
O senador Tasso Jereissati(PSDB-CE) criticou, nesta manhã durante reunião da Comissão de Assuntos Econômicos(CAE), o excessivo número de Ministérios no Governo Federal. Durante a audiência pública, com as presenças do Coordenador do Movimento Brasil Eficiente, Paulo Rabello de Castro, e  do Economista pela FEA-USP ,Thiago Custodio Biscuola, os senadores debateram a crise econômica pela qual passa o Brasil. 

Tasso ressaltou ser impossível para qualquer chefe do poder executivo ter mais de 12 ministros se reportando diretamente a ele e que a Presidente Dilma Rousseff não é uma administradora “miraculosa ou genial” para conseguir tal proeza. Ele atribui a quantidade atual de Ministérios à necessidade política da Presidente de satisfazer os partidos aliados de sua base, o que tornou a máquina pública “inadministrável” e completamente ineficiente. Para ele, “é necessário uma força e autoridade política muito mais ampla para mexer nesse “câncer” enraizado, se quisermos algum resultado”.

O Senador destacou, ainda, a dificuldade que vê em manter um equilíbrio econômico das contas públicas com 90% do orçamento vinculado (com finalidade específica previamente determinada). Para ele, a desvinculação é fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário