sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Calor faz venda de ventiladores crescer até 50% em lojas do interior do estado

As temperaturas acima dos 37 graus e a baixa umidade relativa do ar aumentaram em até 50% as vendas de equipamentos que amenizam o calor. A procura é 10% maior para as centrais de ar e 15% maior para os climatizadores. No entanto, os campeões de vendas neste mês, conforme relata o gerente de vendas Francisco dos Santos, foram os ventiladores. Se comparado com os meses de agosto e setembro, a procura aumentou 50%.

O aumento na demanda tem uma explicação. Os termômetros registraram, nesta quarta-feira (21), a maior temperatura dos últimos dias para este município. Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o pico de calor foi registrado às 16 horas, com 37.1º, tendo a sensação térmica ultrapassado a casa dos 40º. De acordo com o meteorologista Leandro Valente, a média histórica para este período do ano é de 34º.

A corrida para amenizar os efeitos do calor começou ainda no mês passado, causando o esgotamento de alguns eletros. A reportagem do Diário do Nordeste visitou, na tarde desta quinta-feira (22), cinco lojas no centro de Juazeiro do Norte. Em quatro delas, houve falta de, pelo menos, um dos eletros supracitados no estoque da loja. Os climatizadores foram os mais escassos. Em três estabelecimentos, o produto estava em falta. Em uma loja, só restava a unidade exposta no mostruário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário