sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Datafolha mostra que 28% dos peemedebistas apoiam o impeachment

Dilma Roussef (PT)
Pesquisa Datafolha publicada nesta sexta-feira (30) indica que 28% dos parlamentares do PMDB, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, votariam pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. Somente 16% disseram que votariam contra.  A pesquisa foi feita com 63% das bancadas das duas casas.  O PMDB é o maior partido da base de apoio da presidente, mas também é a fonte dos maiores problemas enfrentados pelo atual governo.

Do total de entrevistados 56% ficaram “em cima do muro”, isto é, não quiseram se posicionar sobre o assunto. A pesquisa, publicada nesta sexta-feira pelo Jornal Folha de S. Paulo, revela ainda um dado mais assustador. 45% dos senadores do partido votariam pelo impedimento de Dilma e outros 36% declararam que votariam contra e 18% não se posicionaram. É no Senado, onde a presidente tem a situação mais tranquila

Na Câmara, 33% votariam contra a abertura do processo de impeachment, enquanto 29% votariam a favor e 38% não se posicionaram. Já com relação a todos os partidos da base, 20% dos deputados disseram ser a favor do afastamento da presidente, enquanto 47% se declara contra e 33% não respondeu.

O PT, partido da presidente, é onde ela encontra maior apoio, já que 97% dos deputados são contra o pedido. Já no PSDB, principal partido de oposição, 95% votariam a favor e 5% não deram opinião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário