segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Deputado Agenor Neto apresenta proposta para amenizar crise na saúde da região Centro Sul

Definir aumento de recursos para custeio do Hospital Regional de Iguatu, que atualmente atende a dez municípios, e nos últimos meses vem enfrentando dificuldades financeiras para manter-se em funcionamento. Esse assunto foi pauta de uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira (05/10) na Secretaria de Saúde do Estado, em Fortaleza, com a presença do secretário de Saúde do Estado, Henrique Javi, do deputado estadual Agenor Neto, do prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, além de deputados e prefeitos da região Centro Sul.

Durante o encontro o deputado Agenor Neto solicitou do secretário de Saúde do Estado agilidade para solucionar os problemas de custeio enfrentados pela unidade de saúde de Iguatu, e na oportunidade apresentou algumas propostas para amenizar a crise que se instalou na região Centro Sul. “Estipulamos um prazo até o final desse ano. Nesse caso eu conseguiria R$ 1 milhão de emenda com o senador Tasso Jereissati, e os demais deputados votados na região repassariam de suas emendas, cada um, R$ 500 mil”, informou.

O parlamentar também colocou em pauta a devolução dos recursos retirados do orçamento deste ano para custear o Consórcio Regional de Saúde da Policlínica e do CEO. O montante chega a quase R$ 1 milhão de reais.

Dentre outros itens discutidos na reunião, Agenor Neto disse que propôs ao Estado um repasse de apenas 8% do montante de recursos investidos anualmente no Hospital Regional de Sobral para ajudar no custeio do hospital de Iguatu. “Em Sobral, o Estado investe, para manter o Hospital Regional funcionando, mais de R$ 142 milhões ao ano. Então porque não pegar 8% desse montante e repassar para o Hospital de Iguatu? Será que a região Centro Sul está pedindo muito?”, indagou. Fonte: Roberto Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário