sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Governo autoriza 180 novos poços no Interior

O Governo do Estado irá perfurar 180 novos poços nos municípios cearenses que tiveram a situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal, nesta semana. O processo de contratação das empresas para a construção destes poços se dará por dispensa de licitação, segundo anunciado pelo Governo. Conforme o Executivo, a medida é justificada pela "urgência na necessidade de atendimento à população". Além disso, a cidade do Cedro, na Região Centro-Sul, também receberá uma adutora de montagem rápida (AMR).

A autorização para execução das iniciativas foi dada, ontem, pelo governador Camilo Santana. O chefe do Executivo também enviou para publicação no Diário Oficial do Estado a dispensa de licitação. A medida havia sido comunicada pelo Governo na semana passada.

Conforme noticiado, ontem, pelo Diário do Nordeste, o agravamento da seca no Estado fez com que 81% dos municípios decretassem situação de emergência neste mês. As 150 cidades que estão em condição crítica, abrigam 4.795.388 habitantes, o que representa 54% do total da população do Estado.

A perfuração dos poços e a instalação da adutora foram discutidos na reunião semanal do Comitê de Monitoramento da Situação do Semiárido Cearense, que aconteceu, nesta quinta-feira, no Palácio da Abolição.

O secretário-chefe de gabinete do governador, Élcio Batista, que comandou o encontro, explicou que essa lista das cidades que carecem da perfuração de poços com mais urgência foi definida com base no contato feito com os gestores e os técnicos dos órgãos do sistema hídrico do Estado. Conforme ele, os órgãos transmitem um monitoramento da situação das cidades em tempo real, o que garante o diagnóstico por parte do Governo.

No caso da adutora definida para o Cedro, segundo o secretário, a situação é considerada "mais delicada" e o objetivo é garantir o investimento para aproveitar o recurso hídrico que já existe no açude. Fonte: DN

Comentário do Blog: "O município de Iguatu vai ser contemplado com alguma dessas ações? É aguardar para ver".

Nenhum comentário:

Postar um comentário