sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Polícia Civil do Ceará decreta estado de greve

A Polícia Civil do Ceará decretou estado de greve durante assembleia geral da categoria, na noite da última quinta-feira (29), em Fortaleza. O anúncio veio após uma reunião do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpol-CE) com representantes do Governo do Estado.

A categoria reivindica a readequação salarial dos agentes que possuem ensino superior. Conforme a ata da reunião, foi criado um calendário para que as ações tomadas em conjunto entre o Governo e o Sinpolm sejam efetivadas. 

As negociações acerca da reestruturação dos salários seguem até o próximo dia 4 de dezembro. Até esta data, ocorrerão reuniões para discutir as propostas salariais dos servidores. 

O presidente do Sinpol, Gustavo Simplício, informou que é preciso a readequação nos salários para que se evite um aumento ainda maior da taxa de evasão dos servidores. 

O sindicato destacou que início do ano a Polícia Civil possuía 2.600  agentes no Estado. No entanto, durante o período de negociação com o Executivo, foram registados 160 pedidos de exoneração. "O principal motivo para essa evasão dos policiais civis é o baixo salário”, afirmou Gustavo Simplício.

Nenhum comentário:

Postar um comentário