segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Conselho deve avaliar na quarta parecer de relator sobre Cunha

Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados deve avaliar nesta quarta-feira (18) o parecer preliminar do deputado Fausto Pinato (PRB-SP) sobre a cassação do mandato do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que deve ser pela admissibilidade do caso.

A Pinato coube, nesse primeiro momento, analisar a razoabilidade do pedido de cassação do peemedebista.

Em um acordo costurado veladamente com o presidente da comissão julgadora de ilícitos, José Carlos Araújo (PSD-BA), o deputado já havia decidido dar prosseguimento ao caso.

Esse relatório preliminar foi entregue na manhã desta segunda (16) ao Conselho de Ética. Pinato avalia que a apuração deve ter seguimento.

O relator avisou a José Carlos Araújo que seu parecer estava pronto e que iria fazer uma coletiva de imprensa esta manhã para o comunicado, mas não revelou detalhes do documento.

Como antecipou seu relatório, cujo prazo vencia no fim desta semana, a reunião para apreciação, que seria apenas na próxima terça (24), também será adiantada para quarta (18).

Contudo, aliados de Cunha no Conselho, que se valem desde o princípio do processo de cassação contra o peemedebista de manobras para protelar o caso, pedirão vistas do parecer. A votação só ocorrerá, então, na semana seguinte.

Caso a maioria dos deputados apoiem a continuidade das investigações, Cunha tem dez dias para apresentar sua defesa por escrito.

O peemedebista havia dito que protocolaria até esta segunda (16) uma defesa prévia, que não tem validade no processo. Contudo, até o momento, o Conselho afirma não ter recebido nenhuma manifestação dos advogados do presidente da Casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário