quinta-feira, 12 de novembro de 2015

PSDB defende afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara

Carlos Sampaio
O líder do PSDB, Carlos Sampaio, leu nesta quarta-feira (11), no plenário da Câmara dos Deputados, nota oficial do partido pedindo o afastamento do presidente Eduardo Cunha, da presidência da Câmara. Ele afirmou que as explicações do mesmo, sobre a existência de conta em seu nome no exterior foram inconsistentes e insatisfatórias.

“Nossa bancada se reuniu após sua defesa oral na terça-feira, em rede nacional, e tomou uma posição clara. O que temos com a presidência dessa casa é o respeito mútuo, mas tomamos essa decisão com independência, apesar de considerarmos seu trabalho importante. Queremos que o presidente veja que nossa posição, como soberana”.

Ele defendeu a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma, “que deve começar, como começou o processo contra vossa excelência. ” A nota foi assinada pelos 53 deputados da bancada tucana. O deputado disse que afastado do cargo, Cunha poderá defender-se das acusações no conselho de ética e na Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário