domingo, 1 de novembro de 2015

Romeiros protestam contra fiscalização da ANTT e fecham o triângulo Crajubar

Pneus foram queimados pelos motoristas (Foto: Diário Cariri)
Motoristas que realizam o transporte de Romeiros para a cidade de Juazeiro do Norte, durante a Romaria de Finados, fecharam as principais vias de acesso à cidade em ato de protesto contra a “intensa fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)”. Segundo a Polícia Militar, a manifestação teria iniciado por volta das 16 horas.

Os romeiros teriam articulado o protesto após fiscais da ANTT apreenderem um ônibus com pelo menos 30 romeiros, na noite desta sexta-feira (30). O veículo, segundo funcionários da autarquia federal, apresentava irregularidades. Após inúmeras tentativas, sem sucesso, de liberar o ônibus, cerca de 50 motoristas de ônibus, micro-ônibus e vans decidiriam pela interdição da Avenida Padre Cícero, via que liga os municípios de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, os quais formam o triângulo Crajubar.

Os manifestantes bloquearam o trânsito pondo os veículos na vertical e atearam fogo em pneus. Para fugir do congestionamento quilométrico, condutores manobraram pela contramão e utilizaram ruas paralelas. “Entendo que eles queiram protestar, mas fechar a entrada da principal cidade da região é um absurdo”, critica o caminhoneiro Oliveira Conceição. Ele explica que não tem como manobrar o caminhão e ressalta que “cada minuto parado, é dinheiro perdido”. Oliveira transporta produtos alimentícios.

Por volta das 18 horas, um grupo de motoristas se reuniu no centro Praça Feijó de Sá, conhecida como Praça do ‘Giradouro’, para debaterem o andamento do protesto. “Não iremos sair daqui enquanto não soltarem os dois motoristas detidos e liberarem o ônibus apreendido”, disse um dos motoristas.

500 mil
A cidade de Juazeiro do Norte deve receber neste feriado prolongado quase meio milhão de pessoas, a maioria peregrinos que visitam à “Capital da Fé” para participarem da Romaria de Finados, também chamada da Esperança. O número de peregrinos, no entanto, poderia ser maior caso o transporte em veículos de carga, conhecido como “paus de arara” não tivesse sido proibido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF/CE).

A proibição, bem como a fiscalização da ANTT, é uma medida para reduzir acidentes e garantir a segurança dos deslocamentos em rodovias federais. A operação “Romaria Segura, desenvolvida desde o ano passado pela PRF, teve início na terça-feira (27) e se estende até o dia 02 de novembro. A ação também promove o reforço no policiamento ostensivo e preventivo em locais e horários de maior incidência de morte e feridos por conta do feriado prolongado do Dia de Finados. Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário