segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Igreja Católica anuncia reconciliação histórica com o Padre Cícero

Padre Cícero e a reconciliação com a Igreja
Um dia histórico para os fiéis do Padre Cícero Romão Batista e a nação romeira. Anunciada a reconciliação da Igreja Católica com o Padre Cícero. O passo tem uma grande importância para os que lutam pela a reabilitação de ordens do sacerdote, que morreu aos 90 anos, em 1934. A divulgação oficial aconteceu na celebração do Jubileu da Misericórdia, na Sé Catedral, em Crato, pelo bispo Diocesano Dom Fernando Panico, na manhã de hoje, para o público, com abertura da Porta Santa da Catedral. Em seguida, a imagem de um quadro com a imagem do ‘padim’ adentra à igreja pela Porta da Misericórdia, sob os aplausos dos fiéis.

O bispo, durante a celebração, com a presença dos padres da Diocese, leu trechos da carta-mensagem do Papa Francisco, sobre a reconciliação histórica com a memória do sacerdote, em que o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, afirmou ter sido redigida por expressa vontade do Papa. “Pode-se perceber que a memória do Padre Cícero se mantém, no conjunto de boa parte do catolicismo deste País, e, dessa forma, valorizá-la desde um ponto de vista eminentemente pastoral e religioso, como um possível instrumento de evangelização popular”, diz.

O bispo dom Panico afirma que essa a reconciliação da igreja católica olha para o Padre Cícero, não como um suspeito, um Padre como era julgado erroneamente, com maldade. “Mas o Papa, com a autoridade que ele tem, depois dos estudos feitos, e todo o aconselhamento que houve, escutou a voz da misericórdia, e não a voz da divisão”, destaca.

No dia 20 de dezembro haverá uma grande celebração na Capela do Socorro, onde estão sepultados os restos mortais do Padre Cícero. Em uma missa campal, às 6 horas, o bispo dom Panico irá fazer o anúncio oficial para toda a nação Romeira da reconciliação da Igreja Católica com o religioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário