segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Secretário de Educação de Juazeiro do Norte é exonerado após município amargar última colocação no SPAECE

Geraldo Alves ex-secretário de Educação
O então Secretário de Educação de Juazeiro do Norte, Geraldo Alves Silva, foi exonerado do cargo nesta segunda-feira (04) após ficar a frente da pasta por 27 meses. Durante o período, Juazeiro ocupou a última colocação no ranking de municípios com piores rendimentos no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece). O índice de proficiência do município, divulgado em julho do ano passado, foi de apenas 136,8.

Geraldo Alves encarou a exoneração com “naturalidade” e avaliou que “durante uma gestão, é normal que aconteçam mudanças”. Sobre o desempenho da Educação Básica, o ex-secretário reconheceu que “o rendimento ficou aquém do esperado, levando-se em consideração os profissionais altamente capacitados que atuam em Juazeiro”.

O prefeito Raimundo Macedo não divulgou, ainda, quem assumirá a pasta. A expectativa é de que outras mudanças ocorram ao longo da semana.

“Veriador”
A exoneração do professor Geraldo já havia sido pedida há dois meses pelo vereador Darlan Lobo (PMDB), após a Secretaria de Educação emitir ofício com um erro de grafia. A palavra “veriador” estava escrita com “i” ao invés de “vereador”, com a vogal “e”. Na época, Alves classificou o erro como “ridículo”.

Parlamentares pedem exoneração do Secretário de Educação de Juazeiro do Norte após ofício escrito com a palavra “veriador”

Durante sessão na Câmara dos Vereadores ocorrida em 13 de outubro, Darlan questionou a permanência do Secretário, e afirmou que a situação na educação de Juazeiro é “vexatória”, ao lembrar a “denúncia de corrupção de merenda escolar”.  Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário